Encontro Diocesano de Adolescentes vai juntar mais de 900 jovens em Fátima

Os cerca de 1200 participantes no ENDIAD correspondem aos 116 grupos inscritos que são provenientes de mais de metade das paróquias da Diocese. Para ajudar na organização o SDC conta com a ajuda de inúmeros voluntários.

Dois anos depois, o Serviço da Catequese (SDC) da diocese de Leiria-Fátima volta a realizar a grande atividade que junta os catequistas e jovens da catequese da adolescência. No próximo sábado, dia 7 de maio, o recinto do Santuário de Fátima receberá mais de 900 jovens adolescentes a que se juntam os seus cerca de 200 catequistas para o ENDIAD – Encontro Diocesano de Adolescentes.

A última edição foi realizada há dois anos, abrangendo os jovens a frequentar o 9º e o 10º catecismo, e nela inscreveram-se 77 grupos que juntaram 580 jovens participantes. Nesse ano, haveria de ser cancelada a edição para o 7º e 8º catecismos por coincidir com a proibição de circulação entre concelhos por causa da pandemia de covid-19.

Os cerca de 1200 participantes no ENDIAD correspondem aos 116 grupos inscritos que são provenientes de mais de metade das paróquias da Diocese. Para ajudar na organização o SDC conta com a ajuda de inúmeros voluntários.

A pensar na JMJ

O padre José Henrique Pedrosa, que dirige todo o setor da catequese, explica que “ao pensarmos nesta atividade para os quatro anos deste do 7º até ao 10º, tivemos em conta que a dinâmica do Say Yes [proposta para a catequese da adolescência enquadrada na preparação da Jornada Mundial da Juventude a realizar em Lisboa em 2023] também é destinada a esse quatro grupos etários”. De acordo com esta opção, a atividade está pensada numa perspetiva de fazer o lançamento para a JMJ.

ENDIAD 2022 – Dispostos ao Sim

O padre José Henrique esclarece que o sucesso das dinâmicas a desenvolver durante o dia vão depender muito do acompanhamento que é feito pelos catequistas nos seus próprios grupos. Para esse efeito, a preparação da atividade foi complementada com reuniões a nível diocesano. Os objetivos gerais para o ENDIAD mantêm inalterados. “Para além do sentido da Fé, do encontro e do convívio entre todos, há uma temática que permite fazer uma caminhada dentro do próprio grupo, num ambiente diferente”, desenvolve o diretor do SDC.

A opção por Fátima tem a ver com duas razões: por um lado, a indefinição da programação por força das circunstâncias da pandemia e, por outro, a necessidade de um espaço amplo para a realização. Para além desses dois fatores, a própria temática, de cariz mariano e ligada à JMJ, conduziu a organização para o Santuário.

Tecnologia para aprender sobre Maria

O tema escolhido para o ENDIAD é “Dispostos ao Sim”, e está enquadrado em episódios do evangelho onde Maria tem uma presença ativa. Durante a manhã, as atividades serão realizadas autonomamente por cada grupo de participantes e obrigará ao recurso de tecnologia, nomeadamente dispositivos móveis, para a leitura de códigos QR localizados em oito pontos diferentes do recinto do Santuário. À tarde, o sentido é redirecionado para a JMJ: os grupos passarão por cinco postos entre o Centro Pastoral Paulo VI e a casa de São Bento de Labre, dinamizados por jovens que integram os Comités Organizadores Vicariais (COV).

No final, entre as 17h00 e as 18h00, realiza-se a festa da atividade, no grande auditório do Centro Pastoral Paulo VI, que terá a presença do grupo musical “Banda Missio” que animará todos os participantes, nomeadamente com a interpretação do tema que é hino da Jornada Mundial da Juventude do próximo ano. Do programa consta a celebração da Eucaristia às 11h00 na Basílica da Santíssima Trindade, a ser presidida pelo bispo de Leiria-Fátima, D. José Ornelas.

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress