Encontro com a Missão no Colégio da Cruz da Areia

Os nossos jovens alunos puderam, através das plataformas digitais, usando o telemóvel e o Google meet, por videoconferência, participar neste encontro missionário, que consideraram muito proveitoso e desafiador.

Outubro é um mês especialmente dedicado à Missão, em que recordamos os missionários que no mundo testemunham, com alegria, o Evangelho de Jesus e que, com o seu serviço desinteressado e partilha de vida, ajudam a construir um mundo melhor, porque mais humano para todos. 

Neste âmbito, nas aulas de EMRC, os alunos do 5.º ao 9.º ano de escolaridade do Colégio Conciliar Maria Imaculada, da Cruz da Areia, tiveram um extraordinário encontro com a Missão, dinamizado pelo senhor padre Filipe Resende, missionário Comboniano, que esteve quinze anos no Quénia.

Com grande entusiasmo e generosidade, o senhor padre Filipe partilhou a sua experiência missionária com o povo Pökot, em Kacheliba, a noroeste do Quénia. Um trabalho de primeira evangelização, uma vez que os primeiros missionários chegaram ao local há apenas cinquenta anos. Muitos foram os desafios que enfrentou para anunciar Jesus, tendo destacado a aprendizagem de uma língua nova, o suaíli, e a necessidade de procurar conhecer a riqueza da cultura Pökot, em todas as suas manifestações culturais tão diferentes das nossas ocidentais: as tradições e ritos de passagem da adolescência para a idade adulta ou a cerimónia de remissão a que os guerreiros se submetem quando matam algum inimigo de uma outra tribo.

A evangelização, sobretudo através das celebrações litúrgicas e da formação de catequistas, implica também todo um investimento no desenvolvimento humano. Como exemplo foi mencionada a construção de escolas para as meninas, promovendo, através do ensino e da educação, o papel da mulher, até então pouco dignificado, e a construção e manutenção de poços de água para o povo. 

Nos últimos anos da sua estada no Quénia, o senhor padre Filipe trabalhou numa paróquia que se situa num dos bairros-de-lata da periferia da capital, Nairobi. Junto a esse bairro, fica a maior lixeira de África e uma das maiores do mundo. Sim, porque o Quénia é muito conhecido pelos seus safaris mas, nos bairros, grande parte da população vive e sobrevive dessa lixeira, recolhendo lixo para o reutilizar e vender.

Nesta zona, o trabalho é de reevangelização e passa, essencialmente, pela promoção da dignidade de cada pessoa, provendo às suas necessidades mais básicas.

Os nossos jovens alunos puderam, através das plataformas digitais, usando o telemóvel e o Google meet, por videoconferência, participar neste encontro missionário, que consideraram muito proveitoso e desafiador, pois, se naquelas condições do Quénia a missão acontece, também, aqui e agora, cada um de nós é chamado a ser missionário, isto porque toda a vida é missão. Todos somos chamados, no dia-a-dia e no nosso contexto, a evangelizar, a partilhar, a levar a alegria e a esperança. 

Os professores de EMRC do CCMI

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia…

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.