Editorial REDE 148

Depois da Diocese ter celebrado a sua abertura do processo sinodal, os delegados diocesanos e paroquiais para a XVI Assembleia do Sínodo dos Bispos realizaram a sua primeira reunião geral.

Depois da Diocese ter celebrado a sua abertura do processo sinodal, os delegados diocesanos e paroquiais para a XVI Assembleia do Sínodo dos Bispos realizaram a sua primeira reunião geral.

Na noite de sábado 23 de outubro, juntaram-se em formato de vídeo-conferência, 68 representantes sob a coordenação do padre José Augusto Rodrigues, responsável pelo processo sinodal na diocese de Leiria-Fátima.

A reunião iniciou com um momento de oração e reflexão em grupo, com a apresentação dos sete delegados diocesanos que colaboram diretamente com o responsável diocesano. A sessão foi ocasião para uma primeira informação sobre os objetivos do Sínodo.  Neste processo, foi dito que o delegado paroquial é o motor e o ponto de referência da dinâmica sinodal entre aqueles que representa e o elo de ligação com a equipa responsável diocesana.

Uma das propostas apresentadas aos delegados paroquiais e respetivos párocos e aos delegados dos movimentos e serviços, tem a ver com a realização de uma sessão de abertura local do Sínodo, à semelhança da abertura universal, no Vaticano, e da abertura nas dioceses do mundo. Neste sentido, foi enviada aos delegados e aos párocos uma proposta de guião que poderá ser usada no seu todo, em parte ou adaptada, numa Eucaristia dominical, para que a comunidade se sinta convidada a participar e para que conheça o seu delegado. 

A reunião terminou com a divisão dos delegados sinodais em seis grupos: as 73 paróquias foram divididas em cinco grupos, e os delegados não paroquiais formaram o sexto grupo. Cada grupo será liderado por um elemento da equipa diocesana. 

O Serviço de Animação Vocacional da diocese de Leiria-Fátima renovou a habitual proposta de encontros vocacionais para a catequese, desta vez dedicadas a dois grupos específicos: as crianças da primeira comunhão e os adolescentes da profissão de fé.

Para o grupo dos mais novos, a proposta “Tesouro escondido” visa aprofundar e despertar neles a fé e a vocação, proporcionando-lhes uma manhã de encontro, reflexão e oração com o Amigo especial Jesus, numa comunidade religiosa ou seminário.

Já o “Vem e Vê” é o mote da proposta para os adolescentes, com o mesmo objetivo de ajudar a um maior aprofundamento e tomada de consciência da fé e da vocação de cada um, a partir do Credo. A experiência é também de uma manhã de reflexão, oração e questionamento, também numa comunidade religiosa ou no seminário.

As duas propostas serão realizadas nos dias 27 de novembro e 26 de fevereiro, das 10h00 às 13h00.

Para mais informações e inscrições, basta contactar o Serviço de Animação Vocacional através do email sav@leiria-fatima.pt, do telefone do Seminário pelo número 244 832 760 ou consultando o website da Diocese.

plugins premium WordPress