Diocese de Leiria-Fátima unida à campanha “Um de nós”

Tal como o Papa Francisco e a Conferência Episcopal Portuguesa já fizeram, a diocese de Leiria-Fátima comunicou a sua adesão à campanha europeia em defesa da vida.

 

No próximo domingo 6 de outubro, decorrerá o Dia Nacional de Recolha de Assinaturas para a petição “Um de nós”. Nesse contexto, o vigário geral da diocese de Leiria-Fátima, padre Jorge Guarda, enviou esta semana a todos os sacerdotes, religiosos e leigos um comunicado em que pede a máxima colaboração de todos nesta campanha, que visa pedir à Comissão Europeia que não financie atividades que levem à destruição de bebés na sua fase de vida inicial ou vida embrionária.

Junto com a missiva, enviam-se alguns documentos da campanha, “de acordo com o senhor Bispo”, e refere-se que “embora se dirijam especialmente aos párocos, o seu conteúdo vale para todos os responsáveis de comunidades, associações ou grupos; a todos é pedido que informem as pessoas sobre a iniciativa e organizem a recolha de assinaturas como entenderem mais oportuno”.

Aos párocos é pedido um especial envolvimento, nomeadamente, através da leitura de um aviso em que se dá a conhecer a campanha e se recomenda que todos os cristãos a assinem e ajudem a fazer chegar mais longe esta mensagem.

 

Igreja empenhada na defesa da vida

O Papa Francisco referiu-se a esta ação, no último dia 12 de maio: “tenho o gosto de recordar a recolha de assinaturas que está a ser realizada em muitas paróquias, a fim de apoiar a iniciativa europeia ‘Um de Nós’, para garantir a proteção legal do embrião, tutelando todos os seres humanos a partir do primeiro momento da sua existência”. Já o Papa Bento XVI tinha desejado “sucesso à iniciativa designada ‘Um de nós’, para que a Europa seja sempre lugar onde cada ser humano seja respeitado na sua dignidade”.

Também a Conferência Episcopal Portuguesa pediu já que “esta iniciativa da sociedade civil em nome da promoção e defesa da vida mereça a maior atenção das comunidades nacionais”.

No dia 5 de Outubro, em Lisboa, a partir das 15h00, vai decorrer “uma caminhada pela vida” e, no dia seguinte, será feita uma recolha de assinaturas por todo o território nacional. O porta-voz da CEP, padre Manuel Morujão, declarou à agência Eclesia a sua convicção de que “as paróquias irão colaborar, para além de muitas outras pessoas da sociedade civil, para que se encontre um número mais do que suficiente, para um resultado claro que manifeste a vontade do povo português pela promoção e defesa da vida”. O secretário da CEP destacou ainda a importância da campanha para a União Europeia contrariar a “promoção de sistemas abortivos dentro e fora do espaço comunitário”.

 

A campanha “Um de nós”

A proteção da dignidade de todos os seres humanos, desde a conceção, foi o móbil que levou à união de associações dos 27 países europeus nesta petição dirigida à Comissão Europeia. A petição tem o nome de “Um de Nó” porque através dela se pretende afirmar a dignidade única de todos os homens desde a sua conceção até à morte natural, ou seja, a dignidade de cada um de nós.

Nesta iniciativa desafia-se a Comissão Europeia a preparar leis que impeçam a destruição de embriões, quer em processos de experiência científica quer em processos industriais, e leis que não financiem programas sociais que promovam a prática do aborto em países em vias de desenvolvimento.

Para que seja reconhecida pela Comissão Europeia, esta petição tem de recolher pelo menos um milhão de assinaturas nos 27 estados membros da União Europeia, objetivo já atingido. Mas é de toda a conveniência que se ultrapasse claramente esta fasquia mínima, mostrando inequívoca vontade de defender a vida. A Portugal é pedido um mínimo de 16.500 assinaturas, mas o objetivo é atingir as 100 mil assinaturas, a fim de assegurar uma afirmação consistente de apreço pela vida humana na sociedade portuguesa. O prazo de recolha decorre até 15 de outubro.

As assinaturas recolhidas devem ser enviadas diretamente para a sede portuguesa da petição: Federação Portuguesa pela Vida – Rua Artilharia Um, 48 – 3.º Dto., 1070-013 LISBOA. Outros contactos poderão ser usados: 216 072 072, 910 871 873 ou f.p.p.vida@gmail.com.

Durante o dia 6 de outubro funcionará, através destes contactos, um piquete de ajuda para esclarecer dúvidas sobre o preenchimento dos impressos e prestar todos os esclarecimentos que as paróquias necessitarem.

Mas não precisa esperar pelo dia 6, assine já hoje a petição e afirme a defesa da dignidade de cada um de nós! A iniciativa pode ser apoiada através de assinatura online ou em papel. Saiba mais em www.umdenos.org.

 

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia…

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter

Print

Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.