D. António Marto na sua nota pastoral diz que o Sínodo é um “imperativo” para toda a Igreja

Bispo de Leiria-Fátima assina nota pastoral, sublinhando novidades e rejeitando ideia de «sondagem sociológica»

O cardeal D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima, escreveu uma nota pastoral sobre o percurso sinodal promovido pelo Papa, apresentando o itinerário que decorre até 2023 como “imperativo” para a Igreja e rejeitando leituras de “sondagem sociológica”. “É bom tomar consciência de que não se trata de uma sondagem sociológica, de uma série de reuniões e debates para recolher opiniões, de confronto de grupos reivindicativos, de um parlamentarismo católico em que tudo se decide por votação de maiorias e minorias”, aponta o responsável católico.

Para o cardeal português, o Sínodo é, antes de tudo, um “evento espiritual de discernimento”

“O Papa adverte-nos de que este processo sinodal é fácil de exprimir em palavras, mas não é assim tão fácil pô-lo em prática. Porém vale a pena”, acrescenta.

D. António Marto explica às comunidades católicas da diocese que, pela primeira vez na história dos sínodos, Francisco “desenhou um itinerário especial, um caminho sinodal em três fases (diocesana, continental e universal) e um método que garanta o envolvimento e participação de todo o povo de Deus”.

“Sinodalidade exprime um estilo ou modo de viver e agir da Igreja, Povo de Deus, que caminha em comunhão de todos com Deus e com os irmãos”, aponta.

Este sínodo dos bispos começa precisamente com a consulta ao povo de Deus em cada diocese. É bom tomar consciência de que a consulta já faz parte do processo sinodal. Constitui o seu primeiro ato imprescindível. Não é apenas para responder a um questionário”.

Este processo, observa o bispo de Leiria-Fátima, implica “a participação e corresponsabilidade de todos” para “discernir caminhos, opções e propostas pastorais”.

A nota propõe a passagem de uma “Igreja clerical a Igreja sinodal e missionária”.

A fase diocesana começou na Sé de Leiria, no passado domingo, com um encontro e celebração da Missa, a partir das 16h30. A cerimónia teve transmissão online e na Canção Nova, com a presença dos delegados sinodais e dos membros dos conselhos pastoral e presbiteral da diocese.

Após esta sessão de abertura vai seguir-se um “tempo de escuta e discernimento nos vários conselhos paroquiais e diocesanos, nas comunidades religiosas, movimentos e grupos”, que culmina numa assembleia sinodal diocesana, a 2 de abril de 2022, em que será apresentada uma síntese da reflexão dos vários grupos, para ser enviada ao Secretariado da Conferência Episcopal e tornada pública na diocese.

A fase diocesana encerra-se com a celebração eucarística da peregrinação a Fátima, no dia 3 de abril.

A equipa de Leiria-Fátima é presidida pelo padre José Augusto Rodrigues, para “dinamizar e coordenar a participação diocesana”.

“Esta fase diocesana é muito importante. Por um lado, permite a consulta e a participação mais amplas e envolventes possíveis do maior número de fiéis, inclusive dos pobres, marginalizados, vulneráveis e excluídos, de modo a escutar a sua voz e a sua experiência e até de pessoas de boa vontade que nem sequer sejam membros da Igreja”, escreve D. António Marto.

A assembleia do Sínodo, convocada pelo Papa Francisco, tem como tema ‘Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão’.

Nota Pastoral: Caminho sinodal, graça e imperativo para a Igreja
http://l-f.pt/qwKm

Receba as notícias do SÍNODO em tempo real

Pode, ainda, escolher quais as notícias que quer receber: destaques, lectio divina, catequese, da sua paróquia…

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia…

Leia esta e outras notícias na...

Escrito por:

Partilhar / Print

Share on facebook
Share on twitter
Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.


Obrigado a quem nos ajuda!

Estes são os nossos mais recentes benfeitores:

Se quiser fazer o seu donativo...

Por Multibanco:

Entidade: 21 800
Referência: 351 617 062
Valor: (*)

Obs:
* o mínimo permitido com esta referência é de 10,00€
Os donativos feitos por esta via não permitem identificar o remente.
Se não pretenderem anonimato, devem enviar um email ou sms a informar a oferta: 
gic@leiria-fatima.pt