Conselho Pastoral Diocesano apresenta-se ao Bispo com entusiasmo pelo futuro da Igreja

No dia 11 de julho, 25 dos 31 membros deste órgão consultivo que ajuda o Bispo diocesano nas suas opções pastorais, juntaram-se durante a manhã para se apresentarem e dar sequência à agenda de trabalho prevista.

Quase cinco meses após o decreto de nomeação, o Conselho Pastoral da Diocese de Leiria-Fátima (CPD) reuniu-se pela primeira vez, nas instalações do Seminário de Leiria. No dia 11 de julho, 25 dos 31 membros deste órgão consultivo que ajuda o Bispo diocesano nas suas opções pastorais, juntaram-se durante a manhã para se apresentarem e dar sequência à agenda de trabalho prevista.

Como não podia deixar de ser e também por ser uma das razões que estiveram na origem do adiamento da primeira data prevista para esta assembleia, a pandemia de Covid-19 foi um dos temas trazidos para a discussão. Durante a primeira parte dos trabalhos e após a leitura dos estatutos e a constituição do Secretariado Permanente, foi pedido aos conselheiros que, partindo da vivência eclesial feita durante o período de isolamento total provocado pela pandemia, partilhassem, partilhassem os aspetos positivos a valorizar e os riscos a precaver para o futuro. Dados os constrangimentos do tempo, apenas uma parte do Conselho pôde fazer a sua apreciação. No entanto, os sentimentos foram comuns, sobretudo por se considerar que a situação apanhou a Igreja de surpresa que, ainda assim, soube responder ser exemplo ao que se exigia durante o período. Há a registar, no entanto, que a tarefa que a Igreja tem pela frente não se adivinha fácil e vai requerer dos fiéis muito empenho e criatividade, para além do necessário testemunho de vida cristã em todos os setores da sociedade.

José António Ferreira, a representar a vigararia de Leiria, foi um dos membros do CPD que viu com bons olhos “a resposta pronta e empenhada da Igreja portuguesa sem olhar aos seus interesses, ao seu culto e aos seus ritos, tão importantes para as comunidades cristãs, pondo acima de tudo o bem comum de toda a comunidade humana”. No entanto, alertou para a possibilidade e o consequente perigo adveniente do “comodismo do virtual”. E deixava uma interrogação: “regressarão as pessoas às eucaristias e as crianças, adolescentes e jovens às catequeses e ao escutismo?”.

A segunda parte da reunião foi dedicada à discussão do projeto de programa para o biénio pastoral de 2020-2022 sobre “Eucaristia, comunidade cristã e missão”. Neste bloco, os participantes tiveram todos a oportunidade fazerem as suas apreciações e darem os seus contributos. Depois de uma breve apresentação feita pelo cardeal D. António Marto, foram constituídos quatro pequenos grupos que, depois, puderam partilhar as suas conclusões com o restante plenário. Todos acharam oportuno o tema do biénio que vinha a propósito do que tinha sido discutido na primeira parte. Quanto ao projeto em si, consideraram estar bem delineado e deram algumas achegas para a sua melhoria, nomeadamente através da participação dos jovens com espaços e linguagem adequados. Também se insistiu na formação litúrgica virada para a Eucaristia, nomeadamente através da produção de subsídios escritos para adolescentes e jovens, e não só, com linguagem acessível, acompanhando os diversos passos da Missa. José António também acha que se deve “fazer uma catequese simples, mas ao vivo, pois é de vivência que se trata”.

No final da reunião, o Bispo agradeceu a presença de todos e salientou a importância da participação do CPD na construção da Igreja. Para o prelado, o papel de cada um dos conselheiros presentes também passa pela sua actuação na sociedade em que se integra, através do seu testemunho de cristãos.

Receba as notícias do SÍNODO em tempo real

Pode, ainda, escolher quais as notícias que quer receber: destaques, lectio divina, catequese, da sua paróquia…

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia…

Leia esta e outras notícias na...

Escrito por:

Partilhar / Print

Share on facebook
Share on twitter
Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.


Obrigado a quem nos ajuda!

Estes são os nossos mais recentes benfeitores:

Se quiser fazer o seu donativo...

Por Multibanco:

Entidade: 21 800
Referência: 351 617 062
Valor: (*)

Obs:
* o mínimo permitido com esta referência é de 10,00€
Os donativos feitos por esta via não permitem identificar o remente.
Se não pretenderem anonimato, devem enviar um email ou sms a informar a oferta: 
gic@leiria-fatima.pt