Comunidade surda em peregrinação a Fátima

O Santuário de Fátima acolheu, no passado dia 29 de maio, a segunda peregrinação nacional da comunidade surda, que registou mais de 200 participantes.

O número superou as expectativas, tendo em conta os cerca de 30 participantes na primeira edição, em setembro de 2015, e veio revelar que é acertada a aposta do Santuário em criar “um dia específico com uma comunidade que vem com regularidade ao Santuário mas de forma individual”, como referiu à sala de imprensa do Santuário Joana Sousa, da equipa de intérpretes de Língua Gestual Portuguesa.

A iniciativa, que contou com a colaboração das Irmãs da Aliança de Santa Maria, começou com uma catequese a partir de trabalhos de grupo e centrada nas Aparições do Anjo. No momento do acolhimento, o vice-reitor do Santuário, padre Vítor Coutinho, lembrou que o símbolo do Centenário é um coração que remete para a ideia essencial de que “no coração de Deus todos temos lugar”, e que o Santuário “é um espaço que todos acolhe”.

O programa incluiu um almoço partilhado, a que se seguiu a saudação a Nossa Senhora na Capelinha das Aparições, tendo como ponto central a Eucaristia na Basílica da Santíssima Trindade, às 15h00, com interpretação em Língua Gestual Portuguesa, como é habitual todas as semanas.

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress