Centro Paroquial do Juncal fez 61 anos

Toda a família do CPAJ foi convidada a participar ativamente na celebração, nas leituras e cânticos, e em momentos significativos como o ofertório e ação de graças.

No dia 19 de março, solenidade de São José, o Centro Paroquial de Assistência do Juncal (CPAJ), comemorou o seu 61.º aniversário.

A festa teve início pelas 10h00 com a celebração da Eucaristia. Toda a família do CPAJ foi convidada a participar ativamente na celebração, nas leituras e cânticos, e em momentos significativos como o ofertório e ação de graças.

Centro Paroquial do Juncal fez 61 anos

Durante a homilia, o presidente da direção e pároco do Juncal, padre António, realçou a importância dos pais na formação e educação das crianças, à semelhança do papel que São José  teve na vida de Jesus.

No final da Eucaristia foram homenageados alguns colaboradores e elementos dos orgãos sociais, que de alguma forma contribuíram para o bom funcionamento da instituição.

Terminada a Eucaristia, as crianças e pais foram convidados a participar nos diversos ateliers existentes ao longo do recreio, onde era possível fazer atividades de expressão plástica, musical, motora e outras do interesse das crianças, onde o insuflável foi o que teve mais sucesso.

No decorrer deste dia festivo, foi ainda apresentado o novo projeto “Porto Jovem”, uma associação juvenil de âmbito concelhio, dinamizada pelo CPAJ, e que pretende ocupar e formar de forma positiva os adolescentes e jovens do concelho, através de atividades de voluntariado e solidariedade, lúdicas e recreativas, encontros juvenis, formações e intercâmbios, entre outras, bem como apoiar as famílias na capacitação e formação integral dos seus jovens. Está agendada a inauguração de novo espaço para o dia 1 de abril, na rua de S. Miguel, por ocasião do Ano Europeu da Juventude.

Ao longo do dia foi dado a conhecer um projeto de promoção de CAFAP, uma resposta social inovadora que pretende acompanhar, capacitar e ajudar famílias em situação de vulnerabilidade/fragilidade social, com vista à promoção e aquisição de competências parentais necessárias ao cumprimento da sua missão educativa.

Foi ainda apresentado o projeto “Porto de Laços”, uma resposta social de acolhimento familiar, que prevê, através de acordo de cooperação com a segurança social, desenvolver atividades de mediação, formação e acompanhamento de famílias na comunidade, disponíveis/interessadas em receber e acompanhar crianças, privadas temporariamente do seu meio familiar de origem, por determinação judicial, que assumem o papel de cuidadores e tutores, e apoiam a criança no seu processo de crescimento e desenvolvimento integral, até estarem reunidas as  condições de regresso à família de origem.

Por volta das 13h00 deu-se início ao almoço partilhado. Era notório as saudades que as pessoas sentiam de momentos assim, de convívio e partilha. Foi um almoço prolongado, ao som de música, muita conversa e muito sol.

A meio da tarde teve lugar a bênção das novas instalações da instituição, cuja alargamento da nova creche irá permitir acolher mais 44 crianças, entre os 4 meses e os 3 anos de idade.

No final foi feita uma oração de ação de graças por estes anos de atividade e fizeram-se votos de muitos mais anos, neste serviço de apoio à comunidade, tendo sido cortado o bolo comemorativo dos 61º aniversário.

Ana Ventura / Lúcio Alves

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress