Cáritas de Leiria procura o “rasto” a monitores

A Cáritas Diocesana de Leiria-Fátima quer juntar monitores que passaram pelas colónias de férias desde 1976. É preciso encontrá-los…

“Já foi monitor@ da Colónia Balnear?!” A pergunta circula por email, apresenta-se num vídeo vídeo promocional no youtube, aparece no sítio das colónias e está a passar de boca em boca.

O objetivo é juntar todos os que já passaram por este serviço de voluntariado ao longo dos anos, “para festejarmos estes gestos de generosidade, de dedicação e de boa vontade que transformaram a Colónia Balnear da Cáritas num sítio único e especial para quem lá passa”, adianta Nelson Costa, coordenador deste serviço.
Recorde-se que a Colónia de Férias da Cáritas de Leiria teve início em 1976, na praia da Nazaré, organizada pelo padre Benevenuto Santiago Morgado. Em 1989, mudou de armas e bagagens para a nova “Casa Amarela”, na praia do Pedrógão.

Como não foi feito, nos primeiros anos, um registo exaustivo das centenas de voluntários que por ali passaram, é necessário que estes comuniquem os seus dados, tendo em vista um futuro encontro entre essas várias gerações de monitores.

Para além do preenchimento de um formulário de inscrição online, poderá ser feito o contacto pelos telefones 244823692 ou 965704728.

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress