Bens da Igreja requerem administração cuidadosa e competente

Sob a orientação do ecónomo diocesano, padre Cristiano Saraiva, teve lugar no Seminário de Leiria, no passado sábado, 7 de março, uma ação de formação para novos membros dos conselhos para os assuntos económicos e comissões administrativas das comunidades paroquiais.

Estiveram representadas 13 paróquias: Alqueidão da Serra, Carnide, Carvide, Juncal, Leiria, Meirinhas, Monte Real, Ortigosa, Pataias, Pousos, S. Simão de Litém, Souto da Carpalhosa e Vieira de Leiria.

Com base na legislação da Igreja universal e local, na Concordata entre Portugal e a Santa Sé e na legislação fiscal do Estado, o ecónomo diocesano deu a conhecer os princípios e as normas gerais que regulam a administração dos bens da Igreja na diocese de Leiria-Fátima.

Em concreto, falou do “Regulamento da administração dos bens da Igreja na diocese de Leiria-Fátima”, publicado pelo bispo diocesano, esclarecendo como está organizada a paróquia em termos económicos e qual a missão e competências do conselho para os assuntos económicos e das comissões administrativas das igrejas não paroquiais (capelas). Apelou à cuidadosa e competente administração dos bens que pertencem às comunidades paroquiais, à regular prestação de contas aos fiéis católicos e anualmente ao bispo diocesano e o cumprimento das obrigações fiscais. Por fim, prestou esclarecimentos sobre as questões postas pelos participantes.

Receba as notícias do SÍNODO em tempo real

Pode, ainda, escolher quais as notícias que quer receber: destaques, lectio divina, catequese, da sua paróquia…

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

Leia esta e outras notícias na...

Escrito por:

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente