Assembleia Sinodal Diocesana junta delegados para desenvolver a reflexão dos grupos

Para D. José Ornelas, a reflexão que está a ser feita em toda a Igreja universal, deve orientá-la para um espírito de missão que a faz sair das suas paredes para ir ao encontro de todos e testemunhar-lhes o sentido da fé e da pertença a essa mesma Igreja.

Depois dos trabalhos dos grupos que se formaram na diocese de Leiria-Fátima para integrarem o percurso da primeira fase do Sínodo dos Bispos, a equipa reuniu, em assembleia sinodal, os delegados desses grupos no dia 21 de maio. Mais de uma centena de pessoas estiveram no seminário diocesano por convocatória do próprio bispo, D. José Ornelas.

Assembleia Sinodal Diocesana Paulo Adriano

Depois da oração inicial, às 9h30, na igreja do edifício, os participantes deslocaram-se para a aula magna, onde o bispo diocesano deu início aos trabalhos, salientando a importância do sínodo para a Igreja e, sobretudo, a responsabilidade que os cristãos têm em fazer parte desse caminho que começou em outubro do ano passado. Para D. José Ornelas, a reflexão que está a ser feita em toda a Igreja universal, deve orientá-la para um espírito de missão que a faz sair das suas paredes para ir ao encontro de todos e testemunhar-lhes o sentido da fé e da pertença a essa mesma Igreja.

VÍDEO
https://youtu.be/Ny50yAIgd2I

A Leopoldina Simões, membro da equipa diocesana, fez uma síntese das respostas que chegaram de toda a Diocese. De acordo com os números apresentados que, entretanto, deverão ser actualizados devido à chegada de respostas depois do primeiro levantamento, no primeiro questionário houve 309 grupos que enviaram os seus contributos, correspondentes a 3160 participantes. Como seria de esperar, os números decresceram até ao quinto questionário, ao qual responderam 1532 pessoas distribuídas por 131 grupos.

Depois destas apresentações iniciais, os delegados foram distribuídos por dez grupos, onde passaram a trabalhar durante todo o dia. Em três reuniões, uma de manhã e duas à tarde, cada grupo tinha à sua escolha cinco temas para refletir. Entre esses temas, que foram decididos a partir da análise das respostas que foram a comissão sinodal foi recebendo, cada grupo escolheria os que achasse mais interessantes para trabalhar. No final, as respostas são enviadas para a comissão, para juntar a todas as outras e, a partir delas, será elaborado o documento para remeter à Conferência Episcopal.

ÁLBUM FOTOGRÁFICO
https://lefa.pt/?p=48456

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress