Assembleia da Comunidade Pneumavita do Renovamento Carismático

Sim, o caminho de regresso a Deus e à Igreja já estava iniciado, mas era ainda tão incipiente, tão frágil, tão áspero e sem calor de amor verdadeiramente sentido.
http://lefa.pt/?p=55063

Rezo e preparo-me interiormente para a Assembleia da Pneumavita deste fim de semana em Fátima, e deixo-me levar nas “asas” do Espírito Santo, que me tem levado nestes anos da minha vida.

Lembro-me de Novembro de 1997, do Padre José da Lapa, da Pneumavita, e dessa primeira Assembleia em que estive, e de como esses três dias mudaram a minha vida.

Sim, o caminho de regresso a Deus e à Igreja já estava iniciado, mas era ainda tão incipiente, tão frágil, tão áspero e sem calor de amor verdadeiramente sentido.
Soube depois e sei agora, que ainda não tinha então consciência do Espírito Santo que nos revela Cristo no amor do Pai.

E de repente, num dia de Sábado, vivido a querer “fugir” daquele lugar, surgiu uma noite em adoração frente ao Santíssimo Sacramento, e então Ele, sim Ele, Jesus Cristo, verdadeiramente presente no Sacramento abana-me, quase me esbofeteia, e faz-me sentir a Sua presença viva no meio de nós e, naquele momento, sobretudo em mim.

Sim, o amor invadiu-me porque eu Lhe abri a porta.
Os irmãos fizeram-se comunhão de Igreja, porque Ele me tocou.
As barreiras, os medos, as incertezas, a falta de perdão, foram derrotados por Cristo que se fez presente em mim, no amor do Pai, revelado pelo Espírito Santo.

Hoje e sempre, ao fim de todos estes anos, continuo a viver aqueles momentos com uma intensidade sempre nova, e pergunto-me: O que queres Tu de mim, Senhor?

E Tu não me respondes, sorris, abraças-me junto a Ti e fazes-me sentir o Teu amor.
E eu pergunto-me sempre como queres Tu, Senhor, deste nada que eu sou, fazer algo que fale de Ti e Te testemunhe junto dos outros?

O passado já não me incomoda, porque está nas Tuas mãos, e, Tu mesmo me dizes para me servir dele para testemunhar como Tu e apenas Tu, podes fazer dum coração de pedra, tomado por tantos vícios, um coração de carne disponível para amar, amar com o Teu amor.

Ah, mas agora tenho conTigo o meu querido Pe José da Lapa, e por isso, peço-lhe para que junto do Espírito Santo, interceda para que Ele me/nos guie, me/nos ilumine, e sobretudo me/nos ensine a fazer só e apenas a Tua vontade.

Nesta minha preparação, sinto já a oração das minhas irmãs e irmãos da Pneumavita, e com eles peço insistentemente que o Pai, por Jesus Cristo, derrame em nós o Espírito Santo, que nos há-de revelar tudo o que Ele nos ensinou, como nos afirma o Evangelho de São João.

Conto os minutos, as horas, os dias, e numa prece do coração, apenas digo: Aqui estou, aqui estamos, Senhor Jesus, serve-Te de nós!

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress