Arte e Eucaristia #10

Fichas da rubrica "Arte e Ver o Património", publicada semanalmente na Revista Digital Rede. Subscreva gratuitamente em rede.leiria-fatima.pt

Cibório-ostensório para a comunhão aos enfermos
Autor desconhecido, século XIX
Prata fundida e cinzelada
Inv. n.º DLF.5030-XXX.39

Nota histórico-descritiva
Peça de prata, com base circular, nó e hostiário com a representação do ‘Agnus Dei’ (Cordeiro de Deus). Decorrente da imagética do Apocalipse, o Cordeiro, representando Jesus Cristo, repousa sobre o Livro com os sete selos e segura, com a pata direita, a cruz com a bandeira, que simboliza a sua vitória sobre a morte. A peça toma o nome de cibório pela função de conter a partícula que há de levar aos enfermos para a sua comunhão e também de ostensório, porque serve aquando da ritualidade ligada à adoração em espaço doméstico. Popularmente, estas peças são conhecidas por relicários, nome impreciso do ponto de vista técnico, ainda que a Eucaristia possa ser considerada verdadeiramente relíquia de exceção. 

Rubrica “Arte e Ver o Património” subordinada ao tema da “Eucaristia”, no âmbito do triénio pastoral. É publicada semanalmente na Revista Digital Rede. Subscreva gratuitamente em https://rede.leiria-fatima.pt

Receba as notícias do SÍNODO em tempo real

Pode, ainda, escolher quais as notícias que quer receber: destaques, lectio divina, catequese, da sua paróquia…

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

Leia esta e outras notícias na...

plugins premium WordPress