Alunos desafiados a «despertar a luz do coração» em novo encontro nacional de EMRC

XXII Encontro nacional decorre em Fátima e vai reunir 5 mil participantes
http://lefa.pt/?p=57752

«EMRC, uma Luz no Coração» é o tema central de mais um Encontro Nacional do 1º Ciclo que o Santuário de Fátima volta a acolher no próximo dia 24 de maio de 2024.

“Queremos fazer festa com a alegria que cada criança transporta e, juntos, acolher, olhar, contemplar e irradiar a Luz”, explica ao EDUCRIS Cristina Brito, da equipa nacional da Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC).

Na reta final da preparação do grande encontro, que vai contar este ano com participantes de 80 agrupamentos de escolas de todo o país, a responsável dá conta de “um conjunto de gestos” que pretendem ajuda os mais novos a descobrir “o seu lugar e missão no mundo”.

“Pensamos sempre numa mensagem que vá de encontro à formação integral que queremos proporcionar aos nossos alunos. Neste encontro fomos buscar a simbologia da luz. Como alunos de EMRC são desafiados a abrir as portas do seu coração para iluminar caminho dos outros e levar a sua luz àqueles que a perderam, um sorriso para quem não tem mais”, sustenta.

Cartaz_Encontro Interescolas_AF_2024_ A4

O dia conta com uma dimensão “espiritual”, com a realização de uma celebração na basílica da Santíssima Trindade onde os mais pequenos vão “agradecer o dia” e aprender o “ser enviado para o dia a dia” de modo a “erradiar a luz que nos vem do coração nos gestos da bondade, paz e amizade para com aqueles que nada tem”.

“Teremos aí uma representação bíblica da parábola da lâmpada que ajudará os pequenos a perceber podem transmitir o melhor de si para ajudar o mundo a ser mais fraterno”.

Durante o dia o Centro Paulo VI acolhe três sessões culturais com a peça «O Brilho do Coração – uma história inspirada no pequeno príncipe» e “muitas outras surpresas”.

Considerando que “as crianças são a mais bela expressão do amor de Deus a sua pureza, a vontade de viver torna-as protagonistas de um mundo melhor” a responsável considera que como alunos de EMRC são “desafiados a abrir as portas do seu coração para iluminar caminho dos outros e levar a sua luz aqueles que a perderam, um sorriso para quem não tem”.

Numa proposta que quer “fazer eco na vida dos mais novos” a organização criou uma atividade preparatória” sob o tema «À descoberta da Luz».

“Este Encontro tem sempre uma preparação que perdura no tempo. Não nos concentramos apenas no dia, mas fazemos um conjunto de atividades que ajudam os alunos a perceber o que vão encontrar no dia. Este ano queremos que se centrem em ações concretas e se interroguem como podem ser luz do coração, hoje”, desenvolve.

A partir de um jogo interativo os alunos do primeiro ciclo realizam “diversos desafios” que os vão colocar à prova e permitir conhecer “a obra do padre Américo”.

“Esta obra faz parte de uma das aprendizagens do primeiro ciclo e queremos aprofundá-la como gesto concreto a levar ao Encontro Nacional, desafiando os alunos a uma campanha solidária cujos frutos serão levados para Fátima no dia do Encontro”, concretiza.

Semana Nacional propõe a «EMRC, lugar de Encontro com a Liberdade»

Em vésperas da Semana Nacional da EMRC, que este ano vai refletir sobre o contributo da disciplina enquanto “lugar de Encontro com a Liberdade”, Cristina Brito afirma que desde o primeiro ciclo os mais novos são desafiados, “a fazer emergir uma luz para o mundo” expressa “nos gestos concretos da amizade, da bondade, partilha e paz”.

“A EMRC permite fazer escolhas com sentido, optando pelo bem e contribuindo para a felicidade de todos”, concretiza.

Na edição de 2023 o Encontro Nacional do 1º Ciclo reuniu em Fátima mais de quatro mil alunos, provenientes de setenta agrupamentos de escolas de quinze dioceses portuguesas.

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress