Alqueidão da Serra grata a Deus pelos 400 anos de paróquia

Em ambiente de alegria e solenidade, na celebração da Eucaristia, a paróquia do Alqueidão da Serra deu graças a Deus, no passado domingo, 30 de agosto, pela ocorrência, neste ano de 2015, dos 400 anos da criação da freguesia.

A missa, transmitida pela TVI, foi presidida, em nome do bispo diocesano, D. António Marto, pelo vigário geral da Diocese, P. Jorge Guarda, que, na homilia, exortou a escutar Deus e a escutar-se uns aos outros nos órgãos de participação corresponsável quer da paróquia quer da freguesia. E fez votos de que uma e outra cresça cada vez mais como comunidade humana na fraternidade e na justiça, bem inserida e solidariamente aberta ao mundo, de modo que dê esperança de futuro às novas gerações e cada alqueidense sinta orgulho pelo povo a que pertence e pela sua terra natal ou de adoção. O grupo coral “Calçada Romana” assegurou o canto com beleza e elevada qualidade.

 

Um pouco de história

Desmembrada do Reguengo Fetal, a paróquia de Alqueidão da Serra foi criada em 1615 pelo Bispo de Leiria D. Martim Afonso de Mexia, que lhe deu por orago São José, já venerado na secular capelinha existente no mesmo local onde se situa a atual igreja matriz, lê-se na página da Junta de Freguesia.

A construção da atual igreja matriz foi obra do P. Manuel Afonso e Silva (pároco de Junho de 1861 até finais de Setembro de 1894), que ampliou a igreja primitiva e alterou a sua orientação, construindo a capela-mor no local onde antes era a porta de entrada na igreja. Edificou também a atual torre sineira.

Ao longo dos anos, o templo foi objeto de várias obras de conservação.

Em 1970, sob o signo da renovação, levada a efeito pelo Concílio Vaticano II (1962-65) o Padre Américo Ferreira (pároco entre 1958 e 1972) concluiu profundas obras que modificaram o interior do templo, adaptando-o às novas diretrizes conciliares para as celebrações litúrgicas.

Mais recentemente, o Padre António Faria (pároco entre 1973 e 1983) ampliou a sacristia e remodelou os anexos construindo duas salas e um salão para as atividades pastorais.

No mandato do Padre José Mirante Frazão (1983-2011), foi ampliado o coro, remodelado o telhado da igreja e abertos dois singelos nichos que ladeiam o arco cruzeiro onde estão as imagens de Nossa Senhora (à esquerda) e de S. José (à direita) no interior da igreja.

Fontes: A Voz do Alqueidão e JFAlqueidão

Leia esta e outras notícias na...

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.