421 famílias já querem acolher jovens estrangeiros

Quatro meses depois, no dia 30 de junho, os números apurados já fazem sentir que a JMJ está a estusiasmar a Diocese.

Foi no dia 23 de fevereiro que lançamos, às paróquias, comunidades religiosas e famílias de Leiria-Fátima, o desafio de acolher jovens estrangeiros que vêm participar na Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

Quatro meses depois, no dia 30 de junho, os números apurados já fazem sentir que a JMJ está a estusiasmar a Diocese. 22 paróquias (organizadas individualmente, em conjunto de paróquias ou vigararias) e 2 comunidades religiosas já se inscreveram como Paróquias ou Comunidades de Acolhimento, indicando o número de jovens que têm capacidade de acolher em Famílias ou em Espaços Coletivos. Dessas e de outras paróquias, 421 famílias já manifestaram o seu interesse em acolher os jovens que, em 2023, estarão na nossa diocese.

Na semana que antecede este encontro mundial de jovens que vai decorrer entre 1 e 6 de agosto, cerca de um terço dos jovens participantes na JMJ, visitam outras dioceses do país (que não a anfitriã e as de acolhimento, em que ficarão alojados durante a semana em Lisboa). Leiria-Fátima, principalmente pelos acontecimentos de Fátima e pela proximidade ao mar, é das mais solicitadas pelos grupos de jovens estrangeiros que pretendem experimentar a cultura e a espiritualidade do nosso país. Neste momento, já fomos contactados por 41 grupos diferentes, provenientes dos quatro cantos do mundo, e todos os dias chega um novo e-mail ou uma nova chamada telefónica. 

Leiria-Fátima é uma casa cheia de jovens, mas cabe sempre mais um, por isso o desafio mantém-se para as Famílias de Acolhimento. 421 famílias já querem acolher jovens estrangeiros. E a tua? 

Sabias que…

A mais participada de todas as JMJ foi a de Manila, Filipinas, em 1995?

Na Jornada Mundial da Juventude de Manila estiveram 5 milhões de jovens. Esta cidade detém o recorde do maior número de participantes nas JMJ. Apenas o Brasil conseguiu chegar perto desse número, com aproximadamente 4 milhões de jovens na Missa de Envio.

Testemunho

Participar numa JMJ é uma experiência única e que marca para sempre. É como se o nosso coração fosse tatuado com o amor de Deus. «Enraizados e edificados n’Ele…firmes na fé.» – Foi este o lema da JMJ de Madrid. Percebemos que há tantas razões para crer em Deus, em Jesus Cristo e na Igreja e descobrimos que somos herdeiros da fé transmitida pelos apóstolos de geração em geração até aos dias de hoje. 

Sofia Pereira – Paróquia da Maceira – JMJ Madrid 2011, JMJ Cracóvia 2016

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress